CPERS participa do 14º Congresso Nacional da CUT


O CPERS fez-se presente no 14° CONCUT – “Luta, direitos e democracia que transformam vidas”, realizado entre os dias 19 e 22 de outubro, em São Paulo.

Foram quatro dias de debates onde mais de 2,2 mil delegados(as) de todo o Brasil discutiram a defesa dos direitos, das empresas públicas, da soberania nacional, a reindustrialização do país e a geração de emprego decente sem discriminação de gênero e de raça, sem homofobia e sem capacitismo.

O Congresso se destacou por ser este o ano em que a CUT celebra seus 40 anos de existência e o CPERS retoma sua filiação à Central. Também é o primeiro ano do novo governo de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) como presidente do Brasil.

Na ocasião, participaram a presidente do CPERS e secretária de Formação da CUT/RS, Helenir Aguiar Schürer, o 2º vice-presidente, Edson Garcia, a tesoureira Rosane Zan, a secretária-geral do Sindicato e secretária da Mulher Trabalhadora da CUT/RS, Suzana Lauermann, e os diretores(as) Carla Cassais, Sônia Solange Viana, Cássio Ritter, Amauri Pereira da Rosa e Juçara Borges.

A presidente Helenir foi enfática: “A coesão dos trabalhadores é a ferramenta determinante que nos capacita a reivindicar nossos direitos com vigor renovado. As nossas lutas são as lutas de todos do Rio Grande do Sul e do país. Essa união não é apenas uma escolha, mas uma necessidade. Juntos, somos mais fortes, capazes de enfrentar desafios e reivindicar nossos direitos com uma voz unificada”.

“Essa é a primeira vez que participo do Congresso da CUT. A diversidade de pautas, desde questões ligadas à juventude até os desafios enfrentados pela comunidade LGBTIQA+, reflete o compromisso abrangente da Central. Destaco, especialmente, a percepção de que as lutas das trabalhadoras vão além das fronteiras da educação. Cada ramo profissional, cada setor, enfrenta suas próprias batalhas, e a CUT emerge como um farol da luta coletiva”, frisou a secretária-geral Suzana.

Intensificar e aprofundar o debate sobre a atual conjuntura, definir estratégias e elaborar um plano de lutas para fazer frente aos desafios que estão colocados para a classe trabalhadora, para o movimento sindical e para o povo brasileiro também foram abordados no evento.

Para os debates, foi realizada a eleição de delegadas e delegados diretamente dos sindicatos, nas reuniões dos Ramos e nos Congressos Estaduais. Além disso, foi elaborado um Texto Base da Direção Executiva Nacional, em conjunto com as correntes políticas que compõem a Central, que desvela de forma madura e consistente o olhar cutista para a realidade mundial e nacional, e aponta os rumos para que a CUT continue seu caminho de ousadia e protagonismo na defesa da classe trabalhadora.

>> Confira aqui o texto base da Direção Executiva Nacional da CUT

Nova diretoria é eleita no 14º CONCUT

Na noite de sábado (21), durante o 14° Congresso Nacional da CUT (CONCUT), foi eleita a nova diretoria executiva da entidade que atuará nos próximos quatro anos, de 2023 a 2027.

Na presidência, foi reeleito o metalúrgico do ABC Sergio Nobre. A vice-presidência ficará com a bancária Juvandia Moreira, também presidenta da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT). A Secretaria-Geral estará sob o comando do representante do ramo químico, Renato Zulato.

Foram criadas quatro novas secretarias: Economia Solidária; LGBTQIA+, Transporte e Logística e Aposentados, Pensionistas e Idosos.

Notícias relacionadas