Venceremos!

A Praça da Matriz nunca mais será silenciosa…Os gritos da Praça da Matriz jamais se calarão! Os lamentos da Praça da Matriz estão gravados em minha alma! Jamais esquecerei dos abraços… Abraços do encontro, abraços do consolo, abraços de energia, abraços de sofrimento… Olhos sorridentes do encontro, olhos esperançosos, olhos de fé, olhos de decepções, olhos marejados, olhos de incredulidade, olhos de tristeza profunda… Lágrimas…ah! as lágrimas.. daqueles que se sentiram impotentes para mudar a realidade, lágrimas do homem criança, lágrimas de desesperança…lágrimas… Não, a Praça da Matriz nunca mais será silenciosa…os momentos vividos jamais se calarão! Mas, no final da noite, o tropel do cavalo solitário ecoará…Não! Não é a cavalaria com a espada em punho para atacar! É o galope vigoroso de Sepé Tiaraju, que volta aos pagos para anunciar: esta terra tem dono!!!! E os donos somos nós!
VENCEREMOS!

Deixe seu comentário

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.