• Home  /
  • destaque   /
  • Terça-feira, dia 20: todos e todas na Praça da Matriz

Terça-feira, dia 20: todos e todas na Praça da Matriz

A forte mobilização dos (as) educadores (as) fez com que, por duas vezes, a PEC 261, não fosse a votação na Assembleia Legislativa, por falta de quórum. Resultado da pressão exercida pela categoria aos deputados, exigindo que eles reprovem esta proposta, que altera o artigo 37 da Constituição, extinguindo o “tempo fictício”, ou seja, a possibilidade de um professor importar benefícios no caso de ter trabalhado em outra rede de educação – como os municípios, por exemplo, para triênio e gratificação.
Sem as perspectivas de ter 33 votos necessários para a aprovação das PECs, o governo vem sofrendo para conseguir colocar em votação boa parte dos projetos de seu pacote de maldades, encaminhados no final do ano passado para a Assembleia.
O CPERS convoca a todos os professores e funcionários de escola a virem para a vigília na Praça da Matriz, na próxima terça-feira, dia 20, a partir das 10 horas. O objetivo é o de fortalecer ainda mais a mobilização para que a PEC 261 seja derrotada. “Nossa categoria tem força, tem garra. É isso que tem feito o governo sofrer derrotas nas votações das PECs. Não podemos deixar que esta proposta seja aprovada, pois é um grande ataque aos nossos direitos. Na próxima terça, nosso lugar é na vigília”, destaca a presidente do CPERS, Helenir Aguiar Schürer.
O Sindicato orienta aos educadores a enviarem e-mails aos deputados, exigindo a reprovação da PEC 261/2016.

Acesse aqui os e-mails dos deputados

 Sugestão de e-mail para os deputados:
Senhor deputado,
Pedimos que vote contra a aprovação da PEC 261/2016 porque ela prejudica de forma brutal os educadores, pois acaba com a possibilidade de importarmos benefícios no caso de termos trabalhado em outra rede de educação, como a municipal, por exemplo, para triênio e gratificação. Contamos com o teu voto para impedir esta afronta aos nossos direitos.

 

 

Deixe seu comentário

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.