• Home  /
  • destaque   /
  • Porto Alegre e Bento Gonçalves sediam plenária organizada pelo CPERS, sobre o IPE

Porto Alegre e Bento Gonçalves sediam plenária organizada pelo CPERS, sobre o IPE


Porto Alegre

Nesta quarta-feira (6), a Plenária Macrorregional sobre as consequências dos projetos de reestruturação IPE, propostos pelo governo Sartori (PMDB), ocorreu nos núcleos sede 38° e 39° (Porto Alegre).
Na capital, o encontro aconteceu na Igreja da Pompéia, com a presença dos educadores e educadoras de São Leopoldo, Canoas, Gravataí, Guaíba, Taquara e Osório.
Na abertura do evento, a vice-presidente do CPERS, Solange Carvalho, manifestou o repúdio aos projetos do IPE, que tramitam na Assembleia Legislativa e frisou que a luta pelo IPE público e solidário é fundamental nesse momento. “A defesa do IPE é um compromisso nosso com a categoria. É importante que todos que estão aqui sejam multiplicadores da importância dessa luta”, concluiu.
O presidente do Conselho deliberativo do IPE, Luís Fernando Alves da Silva, ressaltou que os projetos de Sartori e Otomar Vivian, presidente do IPE, na verdade tem o intuito de desmantelar e privatizar a autarquia.
A assessoria jurídica do CPERS, representada pelos advogados Rodrigo Sebben e Marcelo Fagundes explanaram sobre cada um dos cinco projetos de reestruturação do Instituto. “Caso o projeto seja aprovado, irá deixar clara a contradição do governo, visto que fala em crise, mas criará 56 cargos novos de confiança e duas autarquias, gerando mais despesas pera o Estado”, destacou Rodrigo.  Já Marcelo ressaltou as consequências do PLC 249, que visa autorizar o Rio Grande do Sul a aderir ao Regime de recuperação Fiscal – RRF. “O governo passa para a sociedade que o Estado está quebrado e somente aderindo ao ajuste fiscal, conseguirá pagar os servidores em dia. É na verdade um projeto para não criar novos cargos, não realizar concursos públicos, congelar salários e investimentos”, afirmou.
“O Conselho Deliberativo do IPE, é uma das instâncias maiores dentro do órgão. Qualquer decisão tomada pelo presidente do IPE, tem que passar pelo Conselho. Mas isso não vem ocorrendo. Um exemplo desta situação é o fato destes projetos que estão na Assembleia, não terem acordo no conselho deliberativo”, denunciou a diretora e também representante do CPERS no Conselho Deliberativo do IPE, Vera Maria Lessês.

Plenária do IPE em Bento Gonçalves
No 12º Núcleo Bento Gonçalves o encontro ocorreu na Escola Bento Gonçalves da Silva. Os professores e funcionários de escola dos Núcleos deMontenegro, Estrela, Caxias do Sul, Guaporé e Vacaria também participaram da atividade.
Os mesmos palestrantes da Plenária de Porto Alegre participaram em Bento Gonçalves, a presidente do CPERS, Helenir Aguiar Schürer participou doencontro no 12º Núcleo.
Nesta quinta-feira (7), a Plenária ocorre no 19º Núcleo – Alegrete, às 14h, na Câmara Municipal de Vereadores de Alegrete – Planária Gaspar Cardoso Paines (Rua Vasco Alves, nº 125, Centro). Os Núcleos de Santana do Livramento e Uruguaiana participaram da iniciativa.


Bento Gonçalves


Porto Alegre


Bento Gonçalves

 

 

Deixe seu comentário

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.