• Home  /
  • destaque   /
  • PARTICIPE DO ABAIXO-ASSINADO CONTRA O REGIME DE RECUPERAÇÃO FISCAL

PARTICIPE DO ABAIXO-ASSINADO CONTRA O REGIME DE RECUPERAÇÃO FISCAL

O CPERS/SINDICATO, juntamente com outras entidades está coletando assinaturas para barrar a adesão do Estado ao Regime de Recuperação Fiscal, cuja a autorização foi aprovada na madrugada da quarta-feira (7), após 11 horas de sessão, na Assembleia Legislativa. A adesão do Rio Grande do Sul ao Regime de Recuperação Fiscal do governo federal, o PLC 249/2017, é mais um golpe de Sartori (PMDB) para implantar a política de privatizações no Estado. Se realmente a implementação ocorrer representará para a população gaúcha diversas consequências, assim como o aumento de impostos, aumento da dívida do Estado com a União, que passará de R$ 60 bilhões para R$ 106 bilhões, precarização dos serviços públicos essenciais à população (saúde, educação e segurança), sem reajuste salarial por, pelo menos, 3 anos (renováveis por mais 3) e privatizações do serviço público.
Para Sartori fechar o acordo com o presidente ilegítimo, Michel Temer terá  que vender as nossas estatais CRM, CEEE e Sulgás, as quais, ainda precisam da aprovação na Assembleia Legislativa.

Todos nessa luta pelo nosso RS
O ABAIXO-ASSINADO CONTRA A ASSINATURA DO ACORDO DE REGIME DE RECUPERAÇÃO FISCAL entre o governo do RS e União, tem o objetivo de coletar o maior número de assinaturas contra o aprofundamento da crise financeira do Estado.
É muito importante a participação de todos, pais, alunos, comunidade escolar e a população gaúcha. Somente juntos impediremos que Sartori destrua o nosso Rio grande do Sul.
Orientamos os Núcleos que colham o maior número de assinaturas, levando até a população o debate e a denúncia do desmonte da escola pública e das privatizações.
Assim que coletadas as assinaturas, os abaixo-assinados deverão ser devolvidos para a Secretaria Geral do Sindicato. Procure seu Núcleo para mais informações.
Participe desta grande mobilização em defesa do nosso Rio Grande do Sul!

ACESSE AQUI E IMPRIMA O ABAIXO-ASSINADO

 

Deixe seu comentário