• Home  /
  • destaque   /
  • Orientações para os Dias de Luta com Aulas Cidadãs e Ato Estadual

Orientações para os Dias de Luta com Aulas Cidadãs e Ato Estadual

Diante do 28º parcelamento/atraso dos salários, da ameaça da terceirização e do fechamento de turmas, turnos e escolas, do não pagamento da reposição dos 22,73% e da não realização de concursos públicos, o CPERS convoca a toda a sua categoria para os Dias de Luta com Aulas Cidadãs e Ato Estadual contra o descaso do governo Sartori com os (as) educadores (as) e a educação pública.

Confira abaixo as orientações:     

Segunda-feira, dia 02: Aulas Cidadãs com os alunos
A orientação do Sindicato é para que as escolas façam suas atividades normais, mantenham os alunos na escola e realizem Aulas Cidadãs sobre os caminhos da escola pública diante das terceirizações, fechamento de turmas, turnos e escolas.

Terça-feira, dia 03: Aula Cidadã e Ato Público com a Comunidade Escolar nas Escolas
O Sindicato orienta para que sejam realizados atos em frente às escolas, reunindo educadores, estudantes e comunidade escolar, destacando o tema “Eu defendo a escola pública”.
Às 18h30 ocorrerá reunião do Conselho Geral do CPERS, na sede do Sindicato.

Quarta-feira, dia 04: Ato Público Estadual
O CPERS convoca a todos os educadores e educadoras a participarem do Ato Estadual em Defesa da Escola Pública.
A concentração para o Ato ocorrerá às 8h30, em frente ao Sindicato (Alberto Bins, 480 – Centro, Porto Alegre).

Informações para os debates:
Para respaldar os debates e os atos públicos, seguem abaixo os links com informações importantes sobre as terceirizações, o fechamento de turmas, turnos e escolas, a defesa do concurso público e a exigência do pagamento imediato da reposição dos 22,73%. Todas estas informações também foram enviadas aos 42 Núcleos do Sindicato para que reforcem a luta em suas regiões.
Vamos juntos impedir o avanço dos ataques do governo Sartori contra os nossos direitos, dos nossos estudantes e de toda a comunidade escolar.

Atenção aos 4 eixos que devem ser debatidos:

-Contra a terceirização;

-Contra o fechamento de turmas, turnos e escolas;

-Em defesa do concurso público;

-Pela reposição imediata dos 22,73%.

Plenárias dos dias 03 e 04 serão remarcadas
Diante da importância da participação massiva de todos os Núcleos do Sindicato nas atividades, serão suspendidas as plenárias sobre as terceirizações, nos dias 03 e 04 de abril, que serão remarcadas para outras datas.

BAIXE AQUI MATERIAIS PARA AS AULAS CIDADÃS:
Perdas salariais
Investimento em Saúde, Segurança e Educação
Censo Escolar 2017
Nota CNTE – Seis efeitos das Terceirizações na Educação
Nota CNTE – O golpe da Terceirização 

Deixe seu comentário

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.