• Home  /
  • destaque   /
  • Nota de apoio do Grêmio Estudantil da Escola Érico Veríssimo, de Restinga Sêca à greve dos educadores

Nota de apoio do Grêmio Estudantil da Escola Érico Veríssimo, de Restinga Sêca à greve dos educadores

O Grêmio Estudantil da Escola Estadual de Ensino Médio Érico Veríssimo vem, por intermédio desta nota, declarar o seu apoio e consideração com os professores e educadores em geral que estão lesados com a atual situação dos servidores públicos do estado do Rio Grande do Sul.

Acreditamos que a atual situação é demasiadamente delicada e que deve ser enfrentada com coragem e bravura, princípios indispensáveis do cidadão brasileiro e gaúcho. Portanto, apoiamos em todos os sentidos e âmagos estes profissionais que batalham bravamente e diariamente para que em um futuro próximo e presente tenhamos cidadãos de amplo conhecimento intelectual e moral.

A educação é a base primordial para um povo inteligente, ético e intelectual. E com isso, esta deve ser colocada em primeiro lugar no caráter de responsabilidades familiares e governamentais. As famílias com sua condição social alta ou baixa, e mesmo com problemas e tribulações diárias procuram promover o conhecimento ético e moral de um bom cidadão aos seus filhos: que independente da outrora necessidade sempre terão dignidade e ninguém poderá lhe tirar este direto.

Com os nossos professores ocorre a mesma situação, basta querermos abrir os olhos e vermos o seu trabalho árduo em nos edificar em conhecimento: e estes devem receber seus direitos sempre, quer sejam de pagamentos integrais dos seus merecidos e suados salários e o respeito por esta profissão muito mais do que digna.

Afrontar os professores e os seus direitos é com certeza afrontar a educação de um povo, parafraseando o Hino do estado do Rio Grande do Sul: “povo que tem suas virtudes aprisionadas acaba sob o julgo dos exploradores”. Virtude se baseia no conhecimento e conhecimento na educação para não sermos considerados “escravos” de ninguém. Lutar pelos direitos educacionais e dos profissionais da educação é lutar por um povo livre.

Portanto, novamente declaramos o nosso apoio ao magistério estadual bem como com todos os outros servidores públicos que exercem com dignidade a sua profissão. E aos estudantes que nunca esqueçam o significado da palavra liberdade e que esta virá primordialmente em virtude: portanto, lute, lute em conhecimento, lute em dignidade, lute pelos seus direitos e do seu próximo. No dia de amanhã não saberemos o que se procederá, se morreremos, se continuaremos vivos, se sofreremos mais, se sofreremos menos, mas de uma coisa nós do Grêmio Estudantil sabemos e declaramos aqui: no dia de hoje, enquanto vivermos, será sempre de luta, não saberemos o final da batalha, mas saberemos que lutamos com nossa dignidade.”

Grêmio Estudantil da Escola Estadual de Ensino Médio Érico Veríssimo de Restinga Sêca.

 

Deixe seu comentário