• Home  /
  • destaque   /
  • CPERS acompanha posse do novo presidente da Assembleia Legislativa

CPERS acompanha posse do novo presidente da Assembleia Legislativa

Em sessão solene na tarde desta quinta-feira (1º), o deputado Marlon Santos (PDT) foi eleito e empossado como presidente da Assembleia Legislativa para o quarto e último ano da 54ª Legislatura. A cerimônia foi realizada no Plenário 20 de Setembro e também foi transmitida em telões instalados no Teatro Dante Barone. Acompanharam a solenidade, representando o CPERS, as diretoras Candida Rossetto, secretária-geral do Sindicato e Vera Lêsses, representante da entidade no Conselho Deliberativo do IPE.
“O parlamento gaúcho deve continuar legislando e fiscalizando o Executivo. Nós vamos continuar a pressão aos parlamentares para que que se insiram no processo da defesa da educação pública junto conosco”, observou Candida.
“Enquanto movimento sindical, vamos continuar mobilizados, pressionando os deputados para que não aprovem projetos que retirem direitos dos trabalhadores ou que visem minimizar o nosso Estado”, afirmou Vera.
O CPERS destaca e parabeniza a atuação do deputado Edegar Pretto, que esteve à frente da Assembleia no último ano. Nos últimos dias da gestão de Pretto, os educadores e demais servidores conseguiram barrar, por hora, a adesão do Estado ao Regime de Reajuste Fiscal – RRF, pretendido por Sartori e sua base aliada.
Além de Marlon Santos, foram eleitos para a Mesa Diretora 2018 os deputados Juliano Roso (PCdoB), como 1º vice-presidente; Nelsinho Metalúrgico (PT), 2º vice-presidente; Edson Brum (PMDB), 1º secretário: Frederico Antunes (PP), 2º secretário; Zilá Breitenbach (PSDB), 3º secretária; e Maurício Dziedricki (PTB), 4º secretário. Os suplentes de secretário são os deputados Gilmar Sossella (PDT), Liziane Bayer (PSB), Missionário Volnei (PR) e Edu Olivera (PSD).

Solenidade
A sessão solene de eleição e posse da Mesa Diretora 2018 foi aberta pelo então presidente da Casa, deputado Edegar Pretto (PT). Após a execução do Hino Nacional pelo músico Clênio Bibiano da Rosa, ocorreu a renúncia dos integrantes da Mesa Diretora 2017, para atender o acordo pluripartidário de que a presidência será ocupada pelas quatro maiores bancadas desta legislatura, uma a cada ano.
Após a renúncia, foi apresentada a composição da chapa única para a Mesa Diretora 2018, que foi eleita com 47 votos favoráveis e um contrário (RDI 9 2018). Os integrantes ficarão à frente do Parlamento gaúcho até 31 de janeiro de 2019.

Pronunciamentos
Em seu pronunciamento de despedida, Edegar Pretto falou da gestão compartilhada que garante o rodízio na presidência na Casa das quatro maiores bancadas. “Quero lembrar que este entendimento respeita a vontade popular, respeita a proporção partidária e enaltece a democracia do Parlamento gaúcho”, destacou. Lembrou que, por meio da gestão responsável da Casa, foi possível investir na recuperação do prédio que abriga a Assembleia gaúcha.
Ainda citou algumas das causas debatidas, ao longo de 2017, em atividades no Palácio Farroupilha e no interior do estado, como a igualdade de gênero, a alimentação saudável, a defesa da educação, o papel do Estado e a democracia. A luta pelas perdas da Lei Kandir e a reforma da previdência foram outros temas em destaque durante o ano, conforme lembrou Edegar. “Seguirei com meu trabalho parlamentar, defendendo as causas que podem ser comuns a todos os gaúchos e gaúchas”, finalizou.
Em primeiro pronunciamento como chefe do Poder Legislativo, Marlon Santos começou cumprimentando a bancada do PDT, sua equipe e família, além dos integrantes de seu partido. Quanto aos colegas deputados, agradeceu os ensinamentos. “Continuarei na presidência sendo o mesmo, mas ainda mais humilde”, garantiu. Também disse que o trabalho de aproximação da AL com a imprensa, já iniciado nas gestões anteriores, será intensificado. “Nossa comunicação vai se dar e se estabelecer sempre de forma que vocês possam levar daqui todo o trabalho bonito que a Assembleia Legislativa faz e que, às vezes, chega de maneira confusa lá fora”, declarou.

 

Deixe seu comentário

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.