• Home  /
  • destaque   /
  • Dias 29, 30 e 31 estaremos novamente na Praça da Matriz em defesa do IPE e contra o Regime de Recuperação Fiscal

Dias 29, 30 e 31 estaremos novamente na Praça da Matriz em defesa do IPE e contra o Regime de Recuperação Fiscal

O CPERS convoca a todos (as) educadores e educadoras a participarem da vigília na Praça da Matriz, nos dias 29, 30 e 31 de janeiro, a partir das 9 horas, para impedir a aprovação, na Assembleia Legislativa, dos projetos que visam a reestruturação do IPE (através do PLC 206, PLC 207, PL 211 e PL 212) e do PLC – 249, que visa autorizar o Rio Grande do Sul a aderir ao Regime de Recuperação Fiscal, além de outros projetos que integram o pacote de maldades de Sartori.
A verdadeira intenção do governo Sartori não é a de reestruturar o IPE, mas sim de privatizar os serviços do IPE Saúde e aumentar a contribuição dos servidores. Se os projetos forem aprovados haverá, por exemplo, diferença na taxa de quem é solteiro e de quem é casado, os futuros (as) pensionistas pagarão o dobro do atual percentual para terem o IPE Saúde e haverá a implementação da cooparticipação progressiva em até 40% para consultas em exames complementares, serviços e procedimentos.
Já o PLC 249, se aprovado, irá congelar os investimentos nas áreas essenciais à população, educação, saúde e segurança, estender o arrocho salarial até 2023, aumentar a dívida do Estado com a União em R$ 30 bilhões, além de impor a privatização a empresas como CEEE, CRM, Sulgás e Corsan. Ou seja, o governo irá entregar estatais, penalizar ainda mais os servidores e precarizar, de forma mais cruel, os serviços oferecidos à população, principalmente a mais carente.
Todos os dias, durante a vigília, professores e funcionários de escola visitarão os gabinetes dos deputados pressionando para que rejeitem estes projetos, que prejudicam de forma brutal os educadores e a população gaúcha.

Deixe seu comentário