• Home  /
  • destaque   /
  • CPERS vai à Cachoeira do Sul e alerta educadores sobre os riscos da terceirização e a necessária resistência ao governo

CPERS vai à Cachoeira do Sul e alerta educadores sobre os riscos da terceirização e a necessária resistência ao governo

Na última terça-feira, dia 24, a vice-presidente do CPERS, Solange Carvalho e a diretora do Departamento Administrativo, Sandra Severo Regio, reuniram-se com professores e funcionários de escola de Cachoeira do Sul para alertar sobre a necessária resistência aos ataques do governo Sartori.
Na ocasião, elas expuseram as consequências das terceirizações dos serviços públicos e ressaltaram que o Sindicato repudia as ameaças de Sartori de demitir os funcionários de escola contratados. Também destacaram a urgente necessidade da reposição da inflação, 22,73%. Desde que assumiu o governo, Sartori concedeu 0% de reajuste aos educadores.
A assessoria jurídica do CPERS, representada pela advogada Paloma Moraes, também esteve presente na reunião.
Diante dos desmandos do governo, Solange e Sandra ressaltaram a importância da resistência da categoria para barrar os ataques aos direitos dos professores e funcionários de escola. “Estamos em constante movimento na organização da categoria para resistir aos ataques do governo, pois entendemos que educadores unidos e esclarecidos têm mais condições de lutar pelos seus direitos”, afirmou Solange.

 

 

Deixe seu comentário

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.