• Home  /
  • cultura   /
  • Confira a programação do 19º Porto Verão Alegre

Confira a programação do 19º Porto Verão Alegre

O segundo final de semana do Porto Verão Alegre, entre sexta e domingo, 12 a 14 de janeiro, continua com as últimas sessões de Homens de Perto Desgovernados e Causos do Guri no Teatro da AMRIGS, e O que terá acontecido com Baby Jane? no SESC, Projeto Lilith no Instituto Ling, Terça Insana no Theatro São Pedro, Deu Guru no Teatro de Arena e Se Meu Ponto G Falasse no Centro Histórico Cultural Santa Casa.

Causos do Guri

Datas: 7, 8, 14 e 15 de janeiro
Horário: 21h
Local: Teatro da AMRIGS, Av. Ipiranga, 5311

Sinopse:
Nos palcos, Jair Kobe apresenta um show com diversas novidades, novos causos, clipes ao vivo e as paródias de Guri Marley, Gurillage People e The Guritles, além da participação especial do gaúcho emo Licurgo, que agora toca bateria, anda de skate e dança chula! Assistido por mais de 2 milhões de espectadores ao vivo, o gaúcho diverte o público com seus incríveis causos e seu talento como cantor eclético, interpretando versões do famoso Canto Alegretense em diversas melodias. Neste espetáculo de comédia com censura livre para todas as idades, o Guri de Uruguaiana dança e conta causos hilários, como o do tempo em que era viciado em erva mate. É a tradição gaúcha contada de uma forma divertida!

Ficha técnica:
Texto e direção: Jair Kobe

Elenco: Guri de Uruguaiana: Jair Kobe e Licurgo “Gaúcho Emo”: Vitor Leal

Duração: 90 minutos
Classificação: Livre

Homens de Perto Desgovernados

Datas: 11,12 e 13 de janeiro
Horário: 21h
Local: Teatro da AMRIGS, Av. Ipiranga,5311

Sinopse:
Homens de Perto “Desgovernados” é a terceira incursão de Oscar Simch, Rogério Beretta e Zé Victor Castiel na sublime arte de fazer rir, utilizando elementos do Teatro de Revista. Desta vez o trio, sempre sob a batuta de Néstor Monastério e com textos de Artur José Pinto, dá ênfase à política nacional. O espetáculo traz cenas e músicas inéditas.

Ficha Técnica:
Autor: Artur José Pinto
Elenco: Oscar Simch, Rogério Beretta, Zé Victor Castiel
Direção: Néstor Monasterio

Duração: 90 minutos
Classificação: 14 anos

O que terá acontecido a Baby Jane?

Datas: 11, 12 e 13 de janeiro
Horário: 20h
Local: Teatro do SESC, Av. Alberto Bins, 665

Sinopse:
Inspirado no filme de 1962, dirigido por Robert Aldrich e baseado no livro homônimo de Henry Farrel, a trama traz à cena a terrível história das irmãs Hudson. Jane Hudson é uma artista que, quando criança, ficou famosa e conhecida como Baby Jane. Depois de um acidente, ela caiu no ostracismo e, já adulta, vive trancafiada na casa que divide com sua irmã Blanche. Destinada a voltar aos palcos, a atriz vai tentar retomar o personagem que a fez famosa, mesmo que para isso precise passar por cima de algumas pessoas bem próximas. Junto a isso, um grande mistério do passado, que envolve as irmãs Hudson, se torna cada vez mais presente e pode modificar o convívio de ambas. Este drama psicológico, com pitadas de humor, mostra justamente a rivalidade entre as duas irmãs. Jane foi, quando criança, um sucesso do vaudeville, despertando o ciúme da irmã Blanche. Quando adultas, o cenário se inverte, Blanche é uma estrela de cinema, enquanto Jane não consegue mais se destacar. A peça, portanto, é um brilhante exercício narrativo, cuidadoso na construção dos personagens, de suas relações e, consequentemente, na tensão que permeia toda a produção.

Ficha Técnica:
Adaptação e direção: Zé Adão Barbosa
Elenco: Caio Prates, João Carlos Castanha e Lauro Ramalho
Música original: Everton Rodrigues
Realização: Cia. de Teatro Ridículo
Duração: 60 minutos
Classificação: 12 anos

O que terá acontecido a Baby Jane | Foto: Alisson Aguiar

Projeto Lilith

Datas e Horários: 12 de janeiro às 20h e 13 de janeiro às 18h
Local: Instituto Ling, Rua João Caetano, 440/ Centro de Eventos

Sinopse:
Pixações em Corpos Histéricos é uma criação teatral, movida por questões que afligem um universo de opressões íntimas e sociais do feminino. As cenas se inventam a partir de uma investigação acerca da invisibilidade e naturalização de violências contra as mulheres. Reestruturando performances em ocupação de espaços públicos, investigadas anteriormente, agora para um espaço alternativo. Dando continuidade em experimentações de processos anteriores, o Coletivo Quântico dá voz às atrizes, usando-se de mitos da culpabilização da mulher, como Lilith e Pandora.

Ficha Técnica:
Elenco: Gabriela Iablonovski, Larissa Sanguiné, Maria Bufrem, Rafaela Fischer, Rafaela Giacomelli e Victória Sanguiné.
Direção: Larissa Sanguiné e Denis Gosch
Direção Musical e Composições: Gustavo Petry
Luz: Juliano Canal
Figurinos: Titi Lopes
Arte Gráfica: Jimi Melo
Produção: Coletivo Quântico
Assessoria de Imprensa: Liane Strapazzon
Divulgação: Liane Strapazzon e Coletivo Quântico
Produção Executiva: Gabriel Borsatto e Rodrigo Waschburger
Fotografias e Captação de Imagens: Rodrigo Waschburger
Edição de Imagens: Gabriel Borsatto e Rodrigo Waschburger
Realização: Coletivo Quântico e Casa de Teatro de Porto Alegre
Apoio e Colaboração Entreato Pub

Duração: 60 minutos
Classificação: 17 anos

Terça Insana

Datas e Horários: 12 e 13 de janeiro às 21h e 14 de janeiro às 18h
Local: Theatro São Pedro, Praça Mal.Deodoro SN- Centro Histórico

Sinopse:
O Projeto Terça Insana criou um show especialmente para o Festival Porto Verão Alegre. As apresentações serão com Roberto Camargo, Agnes Zuliani e um convidado especial em uma sessão. E outras sessões com Grace Gianoukas, Agnes Zuliani e Roberto Camargo, mostrando clássicos e novidades do Projeto. O Projeto Terça Insana foi idealizado pela atriz e diretora Grace Gianoukas. Desde a estreia, em 2001, a Terça Insana se tornou um divisor de águas no cenário da comédia no Brasil. Levou aos palcos cerca de 480 espetáculos diferentes, repletos de personagens, cenas e textos originais, que hoje compõem um enorme repertório de criações.

Ficha Técnica:
Direção: Grace Gianoukas
Elenco: Grace Gianoukas, Agnes Zuliani e Roberto Camargo
Diretor de Produção: Paulo Marcel
Assistente de Produção: Isadora Maciel

Duração: 70 minutos
Classificação: 14 anos

Deu Guru

Datas: 12,13 e 14 de janeiro
Horário: 21h
Local: Teatro da Arena, Av. Borges de Medeiros 835

Sinopse:
A comédia teatral se passa no interior de um templo. Questões filosóficas, como vida após a morte, e cotidianas, como futebol, são tratadas de forma bem humorada durante o show. Nesse templo, o guru Zen Banho busca um substituto para o seu discípulo Bátcheman, que foi morto e era considerado um herói. Várias pessoas se candidatam à vaga. No decorrer do espetáculo, os pretendentes desfilam suas habilidades: um palestrante motivacional, um árbitro de futebol, um androide de fantasias sensuais e um centauro. Quem será o escolhido? Entre um candidato e outro, o guru apresenta a filosofia do templo e demonstra poderes, como telepatia. O próprio discípulo falecido reaparece, após ser invocado pelo guru.

Ficha técnica:
Autor: Celso Sant’Anna
Direção: Fernando Ochôa
Elenco: Celso Sant’Anna e Thales Sant’Anna
Produção Artística: Família Sant’Anna
Iluminação: Fernando Ochôa
Trilha Sonora: Patrick Simões, Fernando Ochôa e Thales Sant’Anna
Locuções em Off: Everton Cunha (Mr. Pi) , Paulo Brito e Silvio Luiz
Figurino e Adereços: Titi Lopes, Julio Freitas, e Patrik Simões Maquiagem e Coreografia: Maria Eduarda Silveira
Cenografia: Fernando Ochôa
Produção Executiva: Liliane Schneider
Divulgação: Happiness Comunicação e Léo Sant’Anna
Realização: Família Sant’Anna

Duração: 65 minutos
Classificação: 12 anos

Se Meu Ponto G Falasse

Datas: 12,13, 14 e 15 de janeiro
Horário: 21h

Local: Centro Histórico-Cultural Santa Casa, Av. Independência,75

Sinopse:
Uma das comédias de maior sucesso do teatro gaúcho completa 21 anos de estrada em 2018. Conta a trajetória de duas mulheres comuns que viveram as etapas obrigatórias da mulher do século XX. Sonharam com seus príncipes encantados, se decepcionaram com eles, viveram a dor da separação, a conquista da autoestima e do poder da sexualidade, conquistaram seu espaço no mercado de trabalho, através da descoberta de seus talentos, e desvendaram um mundo novo e cheio de possibilidades. Bia e Ana representam a mulher que se autoretrata depois de todos os avanços da revolução feminista e traça, com muito humor, muita autocrítica e uma pitada de autoajuda, o perfil da nova mulher.

Ficha Técnica:
Direção: Júlio Conte
Texto: Júlio Conte, Heloísa Migliavacca e Patsy Cecato
Elenco: Patsy Cecato e Heloísa Migliavacca
Sonoplastia: Ismael Goulart
Iluminação: Bruna Immich
Produção executiva, assessoria de imprensa e mídias sociais: Gustavo Saul
Coordenação de Produção: Patsy Cecato
Realização: Complexo Criativo Cômica Cultural

Duração: 75 minutos
Classificação: 14 anos

SERVIÇO:

Teatros:

O Centro Histórico-Cultural Santa Casa (Av. Independência, 75), o Instituto Goethe (Rua 24 de Outubro, 112), o Instituto Ling (Rua João Caetano, 440), o Teatro de Arena (Av. Borges de Medeiros, 835), Teatro da AMRIGS (Av. Ipiranga, 5311), o Teatro do Bourbon Country (Av. Túlio de Rose, 80), o Teatro Renascença e a Sala Álvaro Moreira (Av. Érico Veríssimo, 307), o Theatro São Pedro (Praça Mal.Deodoro SN- Centro Histórico) e o Teatro do Sesc (Av. Alberto Bins, 665).

“Todos os espaços contam com acessibilidade para pessoas com mobilidade reduzida.”

Neste ano, haverá algumas atividades gratuitas na Galeria Mamute (Rua Caldas Júnior,375) e na Associação do Centro Cultural Cia de Artes (Rua dos Andradas, 1780).

Valores dos Ingressos:

No Teatro: R$40 inteira
R$32 Clube ZH e Banricompras
R$20 idoso e estudante
R$20 Teatro infantil
Antecipado: R$30 inteira
R$24 Clube ZH e Banricompras
R$20 idoso e estudante
R$20 Teatro infantil

Formas de pagamento e descontos:

Na aquisição de ingressos, antecipado ou na hora, será aceito dinheiro ou débito e crédito das bandeiras aceitas pela Vero, como Banricompras, Mastercard, Visa e Verdecard.

Portadores do Clube do Assinante ZH e do Banricompras terão desconto válido para titular e um acompanhante (dois ingressos por peça), mediante apresentação do cartão ou de comprovante pelo titular.

Estudantes e demais contemplados com descontos de 50% pela Leia Federal da Meia Entrada devem apresentar comprovante determinado pela própria lei, que entrou em vigor em 01/12/2015, decreto nº 8.537 de 5 de outubro de 2015 (que pode ser acessado aqui), que regulamenta a nova lei da meia-entrada (Lei n° 12.933/2013) e o Estatuto da Juventude (Lei n° 12.852/2013).

O Porto Verão Alegre respeita todos os descontos aplicados por essa lei.

A apresentação do comprovante é obrigatória e deve ser feita no momento da compra nos pontos de venda. Quando a compra do ingresso acontecer pela internet, o comprovante deve ser entregue na bilheteria dos teatros no momento da troca do voucher pelo ingresso.

Política de troca de ingressos:

Os ingressos poderão ser trocados, sendo comprados pela internet ou nos pontos de venda, em até sete dias após a data da compra, 24 horas antes do início do espetáculo, não havendo exceções. Informações completas sobre como proceder estão no site www.portoveraoalegre.com.br.

Pontos de Venda:

A compra antecipada dos ingressos pode ser feita nos dois já tradicionais pontos:

– no 3o andar do Praia de Belas Shopping, de segunda a sábado, das 10h às 22h, domingos das 13h às 19h.

– no Casarão Verde – loja 133 – do DC Shopping – de segunda a sexta, das 10h às 19h.

A novidade, neste ano, é que os ingressos antecipados para todos os espetáculos (exceto os que estão em cartaz no Theatro São Pedro e no Bourbon Country) também poderão ser comprados nas bilheterias dos seguintes teatros – Centro Histórico-Cultural Santa Casa, Instituto Goethe, Teatro de Arena, Teatro da AMRIGS, Teatro Renascença, Teatro do SESC e Sala Álvaro Moreira -, nos dias em que os espetáculos do Porto Verão Alegre tiverem sessões, duas horas antes delas começarem.

Os ingressos que sobrarem também poderão ser adquiridos nas bilheterias dos respectivos teatros duas horas antes do horário de início das sessões.

Vendas online:

As vendas acontecem pelo site www.portoveralegre.com.br (com cobrança de taxa de 20% sobre o valor do ingresso). As vendas dos ingressos encerram-se às 13h do mesmo dia da sessão do espetáculo comprado. Para compras via internet serão aplicados os mesmos descontos para compras em pontos físicos, incluindo os da Lei Federal da Meia Entrada e o Banricompras, com exceção do Clube do Assinante. As formas de pagamento para compra via internet são aceitas todas as modalidades de pagamento aceita pelo Pagseguro, detalhadas no site de vendas.

Exceção:

Os espetáculos apresentados no Theatro São Pedro terão os ingressos vendidos somente no local tanto de forma antecipada (com valor de antecipado até duas horas antes do espetáculo) como na hora. Eles não estarão à venda nos demais pontos de venda. Os preços e descontos praticados serão os mesmos dos demais espetáculos. Os horários de venda antecipada no Theatro São Pedro são: nos dias de semana, das 13h até as 18h30, ou até o horário de início do espetáculo. Sábados e domingos das 15h até o horário de início do espetáculo. Também é possível comprar esses ingressos pela Internet pelo site https://vendas.teatrosaopedro.com.br/ (forma de pagamento no crédito com Visa e Mastercard). As formas de pagamento na bilheteria do teatro são em dinheiro, Visa (débito), Mastercard (débito) e Banricompras (débito).

Os descontos praticados pelo Porto Verão Alegre – beneficiários da Lei Federal da Meia Entrada, clientes Banricompras e Clube do Assinante – serão práticos para os espetáculos do Theatro São Pedro também.

O espetáculo apresentado no Teatro do Bourbon Country, Alcemar a Mascada Perdida, somente será vendido na bilheteria do local na Av. Túlio de Rose, 80. Os horários para compra antecipada são de segunda a sábado, das 10h às 22h, e domingos e feriados, das 14h às 20h. Na hora, é possível comprar ingressos com preço de antecipado até duas horas antes do espetáculo e se sobrarem ingressos da venda antecipada. As formas de pagamento na bilheteria do Teatro do Bourbon Country são diversas. No site é possível verificar todas. A compra pela internet de Alcemar e a Mascada Perdida pode ser feita pelo site https://www.teatrodobourboncountry.com.br/ .

Os descontos praticados pelo Porto Verão Alegre – beneficiários da Lei Federal da Meia Entrada, clientes Banricompras e Clube do Assinante – serão práticos para o espetáculo em cartaz no Teatro do Bourbon Country.

Deixe seu comentário