• Home  /
  • destaque   /
  • Caravana mobiliza comunidade escolar em 14 cidades de Soledade e região

Caravana mobiliza comunidade escolar em 14 cidades de Soledade e região

Dando início à penúltima semana do roteiro, a Caravana em Defesa da Escola Pública chegou a Soledade nesta segunda-feira (24). Dirigentes estaduais e do 28º Núcleo, bem como educadores(as) voluntários de todo o estado, visitaram 25 escolas em 14 municípios do Noroeste Rio-Grandense, dialogando com centenas de professores(as), funcionários(as) e estudantes.

Desde julho, já são mais de mil escolas visitadas, 70 dias e 20 mil quilômetros de estrada para discutir os rumos da educação pública, a situação funcional da categoria e os desafios para o próximo período, além de aproximar o Sindicato dos(as) trabalhadores(as) de todo o Rio Grande do Sul. O debate também provoca reflexões sobre a importância do voto consciente e bem informado nas eleições.

“Nós não estamos aqui para dizer em quem votar ou deixar de votar”, explica Solange Carvalho, vice-presidente do CPERS. “Mas é importante deixar claro que o projeto atual, de Estado Mínimo, não defende a escola pública. Enxergam a educação como um gasto a ser cortado. Com a Reforma do Ensino Médio, que prevê 40% do currículo à distância, vai sobrar professor, vai sobrar funcionário”.

Mauro Calliari, tesoureiro da direção estadual, lembra que a luta do Sindicato é histórica e não depende de bandeiras partidárias, mas que há governantes que dialogam e governantes que fecham as portas para qualquer negociação. “Quero chamar atenção para a eterna luta de classes no nosso país, entre quem tem muito dinheiro e quem precisa trabalhar para se sustentar. Para nós não há dinheiro, mas o atual governo aumenta gastos com publicidade e com empreiteiros. É uma questão de escolha. E nós podemos escolher o próximo governante”, argumenta.

Além de dialogar sobre a vida funcional da categoria – que amarga 33 meses de salários atrasados e quatro anos sem reajuste -, as visitas proporcionam uma oportunidade de ampliar o debate ao conjunto da comunidade escolar. No salão paroquial da Igreja Nossa Senhora da Soledade, estudantes participaram juntos da plenária. “Medidas como a Reforma do Ensino Médio são ruins para nós, trabalhadores da educação, mas terríveis para vocês, estudantes, que não terão condições de disputar uma vaga na universidade com estudantes da rede privada”, alertou Magale Eicheler, diretora geral do 28º Núcleo.

O CPERS lançou um site para facilitar a consulta sobre como votaram as bancadas gaúchas em relação a projetos que afetam a educação e a sociedade em geral, junto à campanha Vote em Defesa da Escola Pública. No dia 31 de agosto, os candidatos a governador participaram de uma sabatina onde apresentaram suas propostas para a educação. Confira a íntegra de cada resposta.

A Caravana em Defesa da Escola Pública segue na estrada até a próxima semana. Nesta terça-feira (25) o destino é Cruz Alta e, na quarta, Ijuí. Confira o itinerário completo.

Confira a galeria de fotos:28º Núcleo Caravana CPERS – 24/09/18 – Soledade

Deixe seu comentário