• Home  /
  • destaque   /
  • Caravana do CPERS inicia a semana visitando escolas do 3º Núcleo – Guaporé

Caravana do CPERS inicia a semana visitando escolas do 3º Núcleo – Guaporé

A segunda semana da Caravana em Defesa da Educação Pública – contra o desmonte do Estado iniciou visitando escolas do 3º Núcleo – Guaporé. No total, os integrantes da Caravana, composta por representantes da Direção Central, direção do Núcleo e aposentados, levaram o debate sobre os dois projetos de governo em disputa para 22 escolas das 10 regiões de abrangência do Núcleo. Além da cidade que seria o Núcleo, a Caravana esteve nas escolas dos municípios de Anta Gorda, Montauri, Serafina Corrêa, União da Serra, Dois Lajeados, Vista Alegre do Prata, São Valentim, Dois Lajeados, Ilópolis e Putinga.
Às 5h da manhã, o ônibus da Caravana saia de Porto Alegre ruma a Guaporé. Após reunirem-se com a direção do Núcleo, os educadores partiram para os 5 roteiros organizados para contemplar todas as instituições. Em todas as escolas, os grupos destacaram a importância da categoria não votar naqueles e naquelas que apoiam o projeto de estado mínimo defendido por Sartori.
“O Sindicato não aponta em quem a categoria deve votar. Estamos levando informações e esclarecimentos para que os educadores e educadoras não ajudem a eleger os aliados de Sartori, que estão atacando os nossos direitos históricos e querem acabar com a educação pública “, destacou o diretor do Departamento da Juventude do CPERS, Daniel Damiani.
Acompanhando a Caravana, Rosa Maria Quevedo Giovanoni, aposentada e vice-diretora do 28 Núcleo lembrou que os educadores quase perderam o direito ao IPE por conta da irresponsabilidade dos deputados e deputadas que apoiam Sartori.
Maristela Garbin, diretora da escola Alexandre de Gusmão, aprovou a iniciativa da Caravana. “Estes debates que a Caravana está proporcionando são muito importantes. Nossa categoria precisa de esclarecimentos “, afirmou.
O diretor do 3º Núcleo, Alexandre Zanluchi, destacou que mais do que nunca é fundamental levar informação e conscientização sobre a realidade da categoria. “Nós não podemos pagar a conta da incompetência deste governo em administrar o Estado. A Caravana também tem este papel de denunciar as arbitrariedades de Sartori e seus aliados e de reafirmar que a nossa luta seguirá firme em defesa dos nossos direitos. Somos formadores de opinião, é importante termos essa consciência e expandir este debate a comunidade escolar”, observou.
A presidente do CPERS, Helenir Aguiar Schürer, destacou a importância da Caravana. “Estamos discutindo o cenário político tanto estadual quanto nacional e as consequências aos educadores e educadoras, sem esquecer da nossa campanha salarial e a importante discussão sobre a reforma do ensino médio. Temos que estar atentos e mobilizados!”, concluiu.
Nesta quarta-feira (11), a Caravana do CPERS estará em Passo Fundo, e quinta-feira (12) em Erechim.

CONFIRA AQUI O CALENDÁRIO DA CARAVANA EM DEFESA DA ESCOLA PÚBLICA. 

 

Deixe seu comentário

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.