14 DE SETEMBRO

Nesta quinta-feira (14), centenas de educadores e educadoras realizaram novamente um forte ato na Praça da Matriz, onde a categoria segue firme com o acampamento desde o início dessa semana. Do local, mesmo abaixo de forte chuva, professores e funcionários de escola seguiram em caminhada até a Esquina Democrática, em Porto Alegre, onde denunciaram o descaso do governador Sartori e seus aliados com os educadores e a educação pública gaúcha.

Da Esquina Democrática, a categoria encaminhou-se para a Secretaria Estadual de Educação – Seduc, onde, na chegada, foram recepcionados pelo BOE, que impedia o acesso ao local.

Após a liberação da entrada, foi realizada uma reunião entre o Comando de Greve do CPERS, o secretário da Educação, Ronald Krummenauer, o chefe da Casa Civil, Fabio Branco e o líder do governo, o deputado Gabriel Souza. Ao contrário do que foi acordado na reunião realizada com Souza, na terça-feira, o secretário da Fazenda, não compareceu à reunião.

Na ocasião, o governo voltou a afirmar que não tem como pagar em dia os salários e o 13º dos educadores e não apresentou nenhuma proposta sequer para amenizar a situação atual. Diante disso, o Comando de Greve do CPERS reafirmou que a categoria permanecerá em greve até que cessem os parcelamentos.

 

Fotos: Carol Ferraz

Notícias Relacionadas

Deixe seu comentário

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.