• Home  /
  • destaque   /
  • Após ocupação vitoriosa na Assembleia, governo reprime brutalmente estudantes – Foto: Joana Berwanger – Sul21

Após ocupação vitoriosa na Assembleia, governo reprime brutalmente estudantes – Foto: Joana Berwanger – Sul21

Um dia após os estudantes terem algumas de suas reivindicações atendidas pelo governo, através de uma carta compromisso, e desocuparem a Assembleia Legislativa de forma pacífica, o governo Sartori (PMDB) agiu com extrema violência para retirar estudantes que ocupavam a Secretaria Estadual da Fazenda – Sefaz.
A ocupação na Sefaz iniciou na manhã de hoje com o objetivo de pressionar o governo do Estado a melhorar a proposta apresentada aos estudantes que ocupavam a Assembleia Legislativa.
O governo não atendeu a reivindicação dos estudantes e no final da manhã acionou o Batalhão de Operações Especiais – BOE para retirar a força os jovens que estavam no local. Para isso, usaram sprays de pimenta, bombas de gás lacrimogêneo, cacetetes, agrediram com socos e pontapés, agindo com extrema truculência.
Após confronto com o BOE, dezenas de adolescentes foram detidos e conduzidos ao Departamento da Criança e do Adolescente – Deca. No local, não foi permitido que falassem com seus pais ou responsáveis.
Desde que teve início o movimento das ocupações pelos estudantes, o Sindicato, em audiência com o secretário da Educação, Luís Antônio Alcoba de Freitas, exigiu que o governo garantisse a integridade física dos jovens. O que foi garantido, na ocasião, por Alcoba.
O governo, mais uma vez, não cumpre com sua palavra e desrespeita e agride estudantes. Condenamos e responsabilizamos o governo Sartori (PMDB) pelos danos físicos e morais causados a esses estudantes.⁠⁠⁠⁠

1 Comments

  • Trabalho ao lado do prédio da Fazenda e assisti tudo de camarote. A ação da brigada militar foi proporcional à covardia do governo estadual. Deslocar toda a força policial que foi deslocada para lá, tropa de choque, batalhão de operações especiais, polícia civil, gás de pimenta, armas com balas de borracha, cacetetes, para conter um grupo de estudantes invasores? Não seria muito mais fácil o sr. secretário da Fazenda ter honrado as suas calças e se postado à frente deste embate, chamado pra si a responsabilidade e tentado resolver a invasão com diálogo e serenidade? Não. Muito mais fácil mandar pra lá todo o efetivo policial da cidade pra desocupar o prédio na base da porrada! Desguarnecem todo o resto do centro de proteção policial e mandam tudo para lá. Essa tremenda repercussão que teve o caso foi causada pelo próprio governo, que armou uma operação tão grande e violenta que parece que iam expulsar alienígenas da Terra! E enquanto isso, onde está o sr. Governador? O que ele acha disso tudo? Agora os estudantes (por mais sem razão que pudessem estar, por mais extrema que tenha sido a sua decisão de invadir e ocupar um prédio – coisa que a propósito, eu mesma já fiz, por achar que ERA NECESSÁRIO) VÃO PASSAR A NOITE NO PRESÍDIO CENTRAL? O que diferencia afinal estes estudantes do bandido que foi preso MAIS DE 40 VEZES pela Brigada e que não conseguiu passar uma noite no presídio central??? Porque o tal ladrão não PERMANECE PRESO enquanto são deslocados 200 policiais para conter estudantes? Porquê, sr. Governador? Porquê??? O senhor consegue me responder?

    Reply

Deixe seu comentário