• Home  /
  • destaque   /
  • A orientação do CPERS é a de que as escolas paralisem as atividades e a categoria una-se as mobilizações

A orientação do CPERS é a de que as escolas paralisem as atividades e a categoria una-se as mobilizações

O CPERS convoca a todos os educadores e educadoras a participarem do Dia do BASTA, que ocorre nesta sexta-feira (10) em todo o país. Serão realizadas mobilizações e paralisações em repúdio as políticas do governo ilegítimo de Michel Temer (MDB), que têm trazido desemprego, retirada de direitos, aumento do gás de cozinha e combustíveis, privatizações e entrega da soberania nacional. Conforme deliberado pelo Conselho Geral do Sindicato, o dia será de paralisação nas atividades das escolas.

As manifestações serão realizadas na capital e também no interior do estado, onde os Núcleos do CPERS organizaram manifestações. Nos Núcleos em que não ocorrerem mobilizações, os professores e funcionários de escola devem se somar as ações realizadas em Porto Alegre.

“Vamos dizer Basta ao atraso de salários, ao desrespeito e aos ataques à educação e aos direitos de todos os trabalhadores e trabalhadoras. Aqueles que não puderem parar, orientamos para que façam um dia de debate sobre os ataques à educação e a reforma do ensino médio com pais e alunos”, reforça a presidente do CPERS, Helenir Aguiar Schürer.

 Na capital gaúcha, a mobilização começa com uma concentração, às 8h30, em frente à sede da Fecomércio (Avenida Alberto Bins, 665), onde será realizado um ato contra a reforma trabalhista e o desemprego. Em seguida, os manifestantes sairão em caminhada até a Praça da Matriz, onde acontece, às 10h, um ato contra a política neoliberal do governo Sartori de desmonte do estado e ataque aos servidores e ao serviço público.

Na seqüência, eles seguirão até o Foro Trabalhista (Avenida Praia de Belas, 1432), onde será promovido pelo Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região (TRT-RS). Às 11h ocorre um ato em defesa da Justiça do Trabalho e dos direitos sociais.

 

Atividades em Porto Alegre

8h – Concentração FECOMÉRCIO (Av. Alberto Bins, 665 – Centro Histórico, Porto Alegre, 665 (próximo Viaduto da Conceição)

Seguido de ATO na FECOMÉRCIO

9h30min- CAMINHADA ATÉ O PALÁCIO PIRATINI

10h – ATO em frente ao Palácio Piratini (Não a reeleição de Sartori)

Após sair em caminhada até o TRT4, Av. Praia de Belas, 1100 – Praia de Belas, Porto Alegre. Participar no ATO em Defesa da Justiça do Trabalho e dos Direitos Sociais

11h- Ato de Enceramento em frente ao TRT4.

Deixe seu comentário