09, 10 e 11 DE SETEMBRO

Na tarde desta segunda-feira (11), o Comando de Greve Estadual reuniu-se na sede do Sindicato para avaliação e organização dos atos e mobilizações da Greve dos Educadores, que está em seu 6º dia. Foi apresentado o balanço das escolas em greve pelo Estado:
Alguns dos exemplos apresentados, Santa Maria 70%,  Osório 70%,  São Leopoldo 50%, Alegrete 100% (parcial), Taquara 60%, São Luiz Gonzaga 50%, Bege 80%, Pelotas 80%, Canoas 70%.
Com os dados apresentados o Comando de Greve constatou, que a greve está cada dia mais forte e com indicativo de crescer ainda mais.
Professores e funcionários de escola dos 42 Núcleos do Sindicato estão realizando atos e mobilizações e o mais importante com o apoio e solidariedade dos estudantes, pais e a comunidade escolar.

O Comando de Greve esclarece aos educadores que, como o governo já apontou para o encontro das folhas no fim de setembro, isso significa que teremos zero de salário no próximo pagamento da folha. Por isso, é fundamental o fortalecimento cada vez maior da nossa Greve. E lembra os 3 eixos de luta aprovados pela categoria na Assemblei Geral no dia 5 de setembro:
1) Pelo pagamento integral do salário, do 13º e pelo fim dos parcelamentos;
2) Pela retirada das PECs 261, 257, 242, 258 e do PL 148;
3) Contra o arrocho salarial, pela reposição salarial e em
defesa da democracia.

O Comando de Greve Estadual convoca todos professores (as) e funcionários (as) de escola para o Ato Público Estadual da Greve, nesta terça-feira (12), às 10h em frente ao Palácio do Piratini. O objetivo da mobilização é o de pressionar os deputados a votarem contra as PECs que atacam os direitos dos servidores públicos, e os PLs referente a renegociação da dívida com a união, pois implica na privatização de todas as Estatais e o PL 148 que invisibiliza o funcionamento dos Sindicatos, pois acaba com a cedência, uma vez que cada categoria terá cedência de apenas um servidor. Ainda exigirá a auto agenda com o governo, para abrir a mesa de negociação com a pauta de reivindicações da categoria.

Mobilizações pelo Estado:
1º Núcleo: Nesta segunda-feira (11), o 1º Núcleo – Caxias realizou ATO PÚBLICO EM DEFESA DA EDUCAÇÃO PÚBLICA DO RIO GRANDE DO SUL E CONTRA SEU DESMONTE em frente a 4ª CRE na cidade. Professores e funcionários de escola disseram: Basta de salários parcelados! Basta de Intransigência e Assédio! Basta de Desrespeito e Desvalorização! Estudantes de diversas escolas também participaram da caminhada da Praça Dante Alighieri até a 4ª CRE. O  núcleo está realizando atividade de mobilizações nas escolas, através do diálogo  e entrega de materiais aos colegas.

6º Núcleo – Em Rio Grande (6º núcleo), nesta segunda-feira educadores, estudantes e a comunidades escolar reuniram-se para a Plenária de Greve, às 14h, no auditório da Escola Juvenal Miller. No sábado dia (9), os educadores realizaram a Marcha da Educação, a concentração ocorreu às 14h em frente à igreja do Cassino.

14º Núcleo: Nesta segunda-feira (11), educadores, estudantes e a comunidade escolar realizaram Caminhada em Defesa da Educação pelas principais ruas da cidade. A concentração ocorreu às 10h em frente à Câmara de Vereadores do município.

 

31º Núcleo – Nesta segunda-feira, pela manhã professores e funcionários de escola do 31º núcleo – Ijuí entregaram ao secretário Educação, Ronald Krummenauer a pauta de reivindicação da categoria. O encontro ocorreu no Ginásio do Colégio Sagrado Coração de Jesus.

38º e 39º Núcleos – Educadores dos Núcleos 38° e 39° (Porto Alegre) neste domingo (10) montaram barraca na Redenção, na capital para informar a população da situação caótica do funcionalismo e educação pública. Os educadores também realizaram caminhada pelo parque. Durante o ato a população mostrou apoio e solidariedade à luta dos trabalhadores em educação.

  

Deixe seu comentário